sábado, 13 de setembro de 2014

Educação no Brasil está tão ruim que Pernambuco comemora um pequeno avanço

Maior avanço no Ideb foi em Pernambuco

06 de setembro de 2014
Estado subiu 12 posições no ranking nacional
Fonte: Diário de Pernambuco (PE)





O maior crescimento no Ensino médio entre todos os estados brasileiros foi registrado em Pernambuco, que teve um crescimento de 16,1% e subiu 12 posições no ranking nacional.
Com a nota 3,6 o estado ficou empatado com Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais na quarta posição geral e se posicionou 0,2 ponto abaixo do campeão Goiás, cuja média foi 3,8. Em nível nacional, o Ideb manteve sua evolução nos anos iniciais do Ensino fundamental. 
Já o Ensino médio, onde a rede de Ensino tem tradicionalmente mostrado uma evolução menor, o Ideb não apresentou nenhum avanço entre as avaliações de 2011 e 2013, mantendo-se em 3,7. A meta para 2013 era de 3,9.

A manutenção da média no Ensino médio se deve, basicamente, ao componente de rendimento, que inclui diminuição nos dados de evasão e repetência. A nota média caiu, na verdade. De 4,57 pontos para 4,44. “Continuamos a melhorar na permanência. O indicador de rendimento melhorou”, afirmou o presidente do Inep.
Os anos iniciais do Ensino fundamental são aqueles que ainda mostram melhor resultado e se mantém acima da meta proposta pelo MEC.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Porque a imprensa aceita essa falácia? A qualidade não tem avançado e o índice que avançou foi tão insignificante que Pernambuco se destacou. 
nota 3,6 no fundamental e  3,7 no médio é uma piada.

Educação para Todos no Brasil
O Brasil está entre os 53 países que ainda não atingiram e nem estão perto de atingir os Objetivos de Educação para Todos até 2015, apesar de ter apresentado importantes avanços no campo da educação ao longo das duas últimas décadas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário